GBU CLOCK

terça-feira, 28 de setembro de 2010

OVNIs x Instalações Nucleares: Solução ou Ameaça ?

Seres de outro mundo estão tentando promover a Paz Mundial ?

Esse foi o principal “layout” de uma conferência de imprensa nesta segunda feira - 27/09/10 - no Clube Nacional de Imprensa em Washington, sobre as atividades extraterrestres; a meta principal abrangeu relatos de ex-oficiais que avistaram OVNIs em instalações nucleares dentro e fora do país.

“Eu acredito senhores que o nosso planeta está sendo visitado por seres de outro mundo e tudo por consequência do poder armamentista nuclear, fase de desenvolvimento em meados finais da Segunda Guerra Mundial”, disse o ufólogo Robert Hastings palestrante e organizador da conferência de imprensa.

Hasting conversou com mais de 120 ex-oficias que viram OVNIs perto aos locais de testes e de armazenamento de armas nucleares. Inclusive com ações envolvendo desativação de mísseis nucleares pelos Objetos Voadores Não Identificados.

“Com relação aos incidentes de desligamento dos mísseis, tenho uma opinião a qual há nestas aeronaves desconhecidas seres enviando um sinal de alerta para as principais capitais do Mundo como Washington e Moscou, entre outros, que a posse de armas nucleares potencialmente é uma grande ameaça a integridade humana e planetária, estamos brincando com fogo”, disse ele.

Em 1967, o ex-capitão da Força Aérea Robert Salas estava próximo a um dos silos da Base Aérea de Malmstrom, em Montana, quando as forças de segurança disseram-lhe ter avistado um objeto voador com cerca de 9 a 10 metros de diâmetro coberto por uma luz vermelha brilhante em frente ao portão da base, imediatamente Salas em defesa da base ordenou para não deixar o objeto passar dos perímetros, os 10 mísseis balísticos intercontinentais que estavam prontos à qualquer ataque do OVNI susceptivelmente foram desativados. Então, Salas sentiu que os extraterrestres estavam enviando uma mensagem, literalmente, lançando uma luz sobre as armas nucleares.

“Eles poderiam causar muitos danos permanente aos nossos sistemas de armas e não fizeram, se eles quisessem destruí-los, com todos os poderes que parecem ter, eu acho que eles podiam ter feito este trabalho, pessoalmente não acho que foi uma ação com intenções hostis”, disse Salas.

Segundo o militar os avistamentos perto as armas nucleares ainda continuam. O último ocorreu em 2007, Malmstrom, mas um porta voz da Base Aérea não pôde confirmar.

Quando indaga-se a participação da Força Aérea nas investigações existe uma nota em seu site onde consta que a Força Aérea investigou OVNIs entre 1948 a 1969 abrigados por um programa chamado Projeto Livro Azul e consta que “nenhum OVNI relatado, examinado e avaliados pela Força Aérea deu qualquer indicação de ameaça a nossa segurança nacional”, Ela diz também que “nenhuma evidência de que as aparições classificadas como “não identificados são veículos extraterrestres”.

Contudo outro ex-oficial e aposentado da Força Aérea, tenente -coronel Dwynne Arneson lembra que em 1960 ele claramente ouviu uma mensagem dizendo que mísseis nucleares teriam sido desativados por OVNIs em Montana. Mais tarde ele estava lotado em uma base no Maine quando uma informação chegou dizendo que OVNIs foram visto próximos a uma área de armazenamento de armas nucleares.

Dwynne durante os anos seguintes declarou na conferência que tinha muitas perguntas à respeito aos encontros com os OVNIs:

“Eles são extraterrestres ? - São provenientes de outras dimensões ? - Eles vivem debaixo da terra ?

Quem sabe.

O também militar e ex-coronel Charles Halt recorda ter visto OVNIs em uma floresta próximo a Base Aérea Bentwaters Woodbridge, no leste da Inglaterra em 1980 – ele e o seu pessoal estavam investigando luzes estranhas nos arredores; presenciando em seguida algo extraordinário.

“Por toda a floresta nós observamos um objeto com um brilho muito intenso e a melhor maneira de descreve-lo como um olho vermelho brilhante com seu centro escuro. Parecia estar piscando. Era algo como o derramamento de metal fundido, pingando para fora”.

“Ele moveu-se silenciosamente entre as árvores, evitando qualquer contato, subia e descia, e em um determinado momento aproximou-se de nós, tentamos chegar mais perto, ele recuava para o campo, e silenciosamente explodiu formando outros cinco objetos, então fomos para o campo à procura de qualquer prova, porque algo havia aparentemente caído mais não encontramos nada”, disse Halt.

Halt lembrou que posteriormente vendo outros objetos no céu incluiu que um parou à cerca de 3.000 pés de altura enviando um feixe concentrado nos pés dos militares, ninguém ficou ferido.

“A melhor maneira que posso compara-ló é uma espécie de raio laser, ficamos lá, maravilhados. Seria um aviso ? - Foi essa uma tentativa de se comunicar ? - Esteve presente uma arma ? - Ou apenas uma sonda ? “, questionou Halt.

Na mesma época, ele estava ouvindo relatos de rádio do pessoal da base que os feixes de alguns objetos caía próximos a área de armazenamento de armas.

Em uma reunião com o pessoal mais tarde, um general decidiu de “que como o caso aconteceu fora da base, então a responsabilidade de investigar era dos britânicos" – e lembra. “Em outras palavras, eles eram avessos a se envolver e fosse por quaisquer motivos”.

Link's dos vídeos da conferência de imprensa (Em Inglês):

Parte 1

Parte 2

Fontes Consultadas: CNN, Herald Sun, Washington Post.


Um comentário:

  1. Oi eai cara blz
    eu to participando da sua cominidade (GBU-Grupo Brasileiro Ufologia)

    e eu ja vi mSm cara e filmei tudo olha o video q eu coloquei no you tube
    vou deixar o LINK aki Ok

    http://www.youtube.com/user/UFOCaboFrioRJ?feature=mhum

    ResponderExcluir