GBU CLOCK

domingo, 19 de setembro de 2010

Astrônomo e cientista do Vaticano diz que batizaria os extraterrestres.

- Os extraterrestres podem ter almas e ser batizados, o único problema é que nunca tivemos um encontro oficial com eles - palavras de um cientista do Vaticano.

Guy Consolmagno, é um dos astrônomos do Papa, disse que ficaria encantado se vidas inteligentes fossem encontradas entre as estrelas. "-Mas as chances em deparar com essa inteligência e sermos capazes de nos comunicar é subsequente a adaptação e uma questão de prática o que não seria fácil."

Falando antes em uma palestra no Festival Britânico de Ciência em Birmingham, Consolmagno disse que a definição tradicional de uma "alma" é ter inteligência, o livre arbítrio, a liberdade de amor e liberdade para tomar decisões. "-Qualquer entidade - e não importa quantos tentáculos tenha, tem uma alma." Com essa declaração será que ele batizaria um extraterrestre ? "-Só se eles pedirem." - concretiza.

Consolmagno, interessou pela Ciência por meio da leitura de ficção científica, e comenta que o Vaticano sempre está ciente aos últimos acontecimentos científicos e aguça a nossa curiosidade com uma frase. "- Vocês ficariam surpresos."

A Academia Pontifícia das Ciências, da qual Stephen Hawking é membro mantêm os cardeais e papas sêniores atualizados sobre todos os acontecimentos e pesquisas científicas. E respondendo as recentes observações de Hawking quando ele disse que as leis da física eliminam a necessidade de existência de Deus, Guy Consolmagno responde: "-Stephen Hawking é um físico brilhante e quando se trata de "Teologia" posso dizer que ele é apenas um físico brilhante."

Curador da coleção de meteoritos além de astrônomo e cientista planetário do observatório do Vaticano, ele rejeita as ideias fundamentalistas de um grupo americano que defendem uma versão pseudocientífica do criacionismo, pregando a "Má Teologia" ensinando uma versão absurda e nem um pouco condizente com a Teologia moderna e ministrada à séculos desde a fundação da Igreja, pondo Deus mais uma vez como pagão e detentor somente à manipulação do trovão e relâmpagos.

Porem as observações do astrônomo vinha à público enquanto o Papa fazia seu discurso na Universidade de St. Mary's College, em Twickenham, para incentivo dos alunos aos estudos científicos.

"- O mundo precisa de bons cientistas, mas uma perspectiva científica torna-se perigosamente estreita se ignorarem a dimensão religiosa e ética da vida, assim como a religião torna-se estreita se rejeitarem a participação da legítima ciência para a nossa compreensão do mundo" - disse ."-Precisamos de bons historiadores, filósofos e economistas, cada um da conta da vida humana de acordo com o seu campo de conhecimento, mas o foco é restrito, o que podemos fazer é ampliar e conciliar o conhecimento em todas as áreas" - Afirma o Papa Bento XVI, Joseph Ratzinger em seu discurso.

O astrônomo disse ainda que os membros do Vaticano estão constantemente aprofundando os conhecimentos científicos e revelou que a Igreja admitiu o erro que fez com o astrônomo Galileu Galilei, quando ele afirmou no século 17 que a Terra girava em torno do Sol - e sendo acusado de heresia em 1633. Passando o resto de sua vida sob prisão domiciliar na Toscana - Itália. Somente em 1992 o Papa João Paulo admitiu que o tratamento dado a Galileu pela Igreja foi um grande erro.

Ao fim Consolmagno disse ter sido mera coincidência a sua palestra realizada no Festival Britãnico de Ciência e ao mesmo tempo a visita do papa a Grã Bretanha.

Fonte consultada: Guardian UK.

Nenhum comentário:

Postar um comentário